Criancas compram itens em apps e causam rombo nos pais; saiba como prevenir

  JAPA  
Má configuração de sistema operacional pode fazer crianças darem prejuízo para pais

Fonte: UOL Notícias

Data: 16 de abril de 2015

Com a popularização de tablets e smartphones, é comum que os pais deem esses aparelhos aos seus filhos ou emprestem os dispositivos a eles. O problema é que qualquer vacilo pode fazer com que as crianças consigam uma dívida imensa na compra de aplicativos ou de itens dentro de programas ou jogos, caso não sejam feitas as configurações certas no smartphone ou no tablet. O problema não está tanto em baixar aplicativos pagos, mas em programas gratuitos que contêm itens pagos. Esses softwares, geralmente, são os mais populares nas lojas de aplicativos e também os mais lucrativos. Fazem parte dessa categoria jogos como “Candy Crush”, “Clash of Clans”, “Marvel Torneio de Campeões”, entre outros. Veja a seguir como evitar compras dentro de aplicativos nos principais sistemas operacionais disponíveis no mercado:

Android – No Android, além do bloqueio (descrito abaixo), os responsáveis podem comprar cartões vale-presente para serem utilizados em sua loja. De acordo com o Google, há opções de R$ 30, R$ 50 e R$ 100 e estão disponíveis em 2.300 lojas em todo o Brasil. Sempre pedir senhas para operações no Google Play:

operndi

Toque na opção “Autenticação necessária para fazer compras” e escolha “Para todas as compras feitas no Google Play neste dispositivo”, que aparecerá em seguida. No Google Play, também é possível pedir reembolso de um aplicativo em até duas horas após a confirmação da compra.

Written by

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam libero diam, elementum eget porttitor at, tincidunt at nulla. Integer lacus lorem, porttitor id dictum nec, fringilla ac sapien. Duis a sapien a mauris volutpat laoreet in sed.