Empresa que criou Angry Birds enfrenta crise e demite 110

ANGRY
A queda do lucro de 173,5 milhões de euros em 2013 para 158,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 550 milhões) em 2014. Como resultado, CEO da empresa caiu e será substituído por um ex-funcionário da Nokia

Fonte:Terra Notícias

Data: 20 de março de 2015

A Rovio – companhia criadora do Angry Birds está com sérios problemas. Segundo o jornal americano THE WALL STREET JOURNAL, a empresa finlandesa teve queda nos lucros e já demitiu 110 pessoas, algo referente a 14% de seu quadro de funcionários. Parte do fracasso da empresa está na adoção do formato freemium, uma mistura do premium com gratuito que engloba o jogo grátis, mas com opções exclusivas pagas dentro do jogo, um modelo que a King do Candy Crush faz muito bem. A Rovio não adotou o freemium. Em seu lugar, a empresa preferiu cobrar por um preço inicial do app e não teve crescimento significativo nas vendas. A queda do lucro de 173,5 milhões de euros em 2013 para 158,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 550 milhões) em 2014, e a queda do lucro operacional de 36,5 milhões de euros para 10 milhões de euros, não sustentaram por mais um ano o presidente-executivo Mikael Hed. Em seu lugar deve entrar Pekka Rantala, ex-funcionário da Nokia.

Written by

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam libero diam, elementum eget porttitor at, tincidunt at nulla. Integer lacus lorem, porttitor id dictum nec, fringilla ac sapien. Duis a sapien a mauris volutpat laoreet in sed.